Cooperativa Regional Itaipu - Alerta ligado! Santa Catarina reforça as ações de prevenção contra a peste suína africana

topo

(49) 3366 6500
Av. Brasília, 3300 - Pinhalzinho/SC

Notícias

Alerta ligado! Santa Catarina reforça as ações de prevenção contra a peste suína africana

Após a notificação do primeiro foco de peste suína africana (PSA) nas Américas, Santa Catarina intensifica ações de defesa agropecuária para proteger o plantel. Os catarinenses são os maiores produtores e exportadores de carne suína do Brasil e têm no agronegócio a base da sua economia. Embora a peste suína africana não seja uma doença transmissível para o ser humano, ela prejudica a economia como um todo e nós precisamos proteger a nossa economia.

Em Santa Catarina, as ações contarão com o apoio da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) e da iniciativa privada. Segundo o diretor de Defesa Agropecuária da Cidasc, Diego Torres Severo, a confirmação do foco de PSA na República Dominicana é recebida com preocupação pelos catarinenses.

Em um primeiro momento haverá um reforço na conscientização da população e a Cidasc fará uma reunião com suinocultores, médicos veterinários e técnicos que atuam na cadeia produtiva para que todos tenham informações sobre a gravidade da doença e os modos de prevenção. A Secretaria da Agricultura atualizará ainda as normas que proíbem tanto a alimentação de suínos com restos de alimentos que contenham produtos de origem animal quanto à permanência de suínos em lixões”, explica Diego Torres Severo.

O agronegócio é o carro-chefe da economia catarinense, responsável por quase 70% de toda exportação e por mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual. As agroindústrias empregam mais de 60 mil pessoas de forma direta e contam com 55 mil famílias integradas no campo. A produção catarinense é exportada para mais de 150 países, entre eles os mercados mais exigentes e competitivos do mundo.

Os técnicos da Cooperitaipu na área de suínos já estão buscando todas as informações sobre a evolução desta doença nas américas e como prevenir e manter nossos plantéis saudáveis. Logo traremos mais informações a todos os nossos integrados.

 

Fonte: Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de SC

Nosso site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência melhor.

Política de Privacidade