topo

(49) 3366 6500
Av. Brasília, 3300 - Pinhalzinho/SC

Notícias

Cooperitaipu forma 4ª turma do programa Mulheres Cooperativistas

A Cooperativa Regional Itaipu reuniu no último dia 18 de outubro, no auditório do Itaipu Rural Show, em Pinhalzinho, 35 mulheres para a cerimônia de entrega dos certificados de conclusão do Programa Mulheres Cooperativistas. Curso é organizado e estruturado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo – SESCOOP/SC em parceria com a Cooperitaipu.

O “Mulheres Cooperativistas” é um programa que tem por objetivo promover a sustentabilidade da cooperativa e do cooperativismo, por meio da Educação Cooperativista e do aprimoramento dos conhecimentos necessários. O intuito é promover uma melhor organização e participação das mulheres na cooperativa.

É gratificante ver o crescimento e o entendimento dos conceitos cooperativistas alcançados por todas essas mulheres, nesses quatro meses de curso. Os depoimentos relatados, de forma simples e objetiva, indicam que estamos no caminho certo”, destacou o Presidente Arno Pandolfo.

Estamos preparando pessoas para assumir funções de líderes ou dirigentes na cooperativa hoje e no futuro. Falei para elas que somos eternos aprendizes, para que nunca deixem de serem curiosas. Tudo passa por querer aprender. Obrigado e parabéns as mulheres”, disse Pandolfo.

A Cooperitaipu, junto com o Sescoop, vai desenvolver um projeto piloto para contemplar também o público masculino associado, com os mesmos objetivos de capacitação já consolidados com os jovens e as mulheres cooperativistas.

Também prestigiaram o evento os prefeitos de Serra Alta, Darci Cerizoli e de Pinhalzinho Mário Afonso Woitexen; além, é claro, dos gerentes e coordenadores da Cooperitaipu, familiares e amigos das formandas. Formatura foi organizada pela coordenadora dos programas sociais da Cooperitaipu Gilda Schmitz Valente e conduzida pelo instrutor do Programa Mulheres Cooperativistas, professor Ney Guimarães.

A partir de agora, as Mulheres Cooperativistas tem o compromisso de seguir em frente, colocando em prática os princípios e os valores da doutrina cooperativista, seja no núcleo feminino, na cooperativa, na família ou na comunidade.