Cooperativa Regional Itaipu - Momento Histórico: Cooperitaipu formaliza aquisição do patrimônio da Coopere de Campo Erê

topo

(49) 3366 6500
Av. Brasília, 3300 - Pinhalzinho/SC

Notícias

Momento Histórico: Cooperitaipu formaliza aquisição do patrimônio da Coopere de Campo Erê

Na tarde desta sexta-feira (14/02), na sala de reuniões da Matriz da Cooperitaipu em Pinhalzinho, às 15 horas, aconteceu ato oficial de assinatura do contrato que oficializou a aquisição do patrimônio físico da Coopere pela Itaipu.

Após algum tempo de conversas e ajustes nos contratos, chegou-se num valor de consenso de 23 milhões de reais, a ser pago pela Cooperitaipu à Coopere em prestações conforme contrato. A Cooperativa Campoerense está localizada no município de Campo Erê, Oeste de Santa Catarina, às margens da SC 473, no quilômetro 31.

Trata-se de uma cooperativa com 25 anos de atuação que já comercializava farinha e prestava serviços para a Itaipu. A Coopere possui uma estrutura muita boa de moinho, uma infraestrutura que foi o principal atrativo para que a Itaipu iniciasse as propostas.

Participaram da assinatura do contrato o Presidente da Cooperitaipu Arno Pandolfo, o vice Serafim Thiesen e o Conselheiro Milton Kerbes, além dos demais conselheiros de administração: Elodir Verde, Alcides Carlos Aiolfi, Inácio Kotwitz e Leonir Possenti. Da Coopere o Presidente Zito Fernando Lunardi, o Secretário Celso Vitório Antonietti e representando o conselho de transição Gilberto Assis Dalpiva. Também presentes o Gerente Comercial da Itaipu Marcos Niederle, Gerente Administrativo Alcir Jacoby, Gerente de Logística Sadi Link e os advogados Jony Stulp e Élio Frozza da Frozza Advogados Associados, que presta assessoria para a Cooperitaipu.

A partir de agora a Cooperitaipu vai assumir as operações mantendo parte dos colaboradores que já estavam na Coopere e colocando na Gerência e a Coordenação Técnica colaboradores da Itaipu com grande experiência e capacidade para, a partir da próxima segunda-feira (17/02), já implementar a forma Itaipu de ser, ou seja, mostrar para a sociedade campoerense e daquela região, que a Itaipu quer crescer junto e desenvolver ainda mais essas comunidades.

Mais detalhes desta importante aquisição serão apresentados em breve. Adiantamos, no entanto, que ambos presidentes e todos os associados das duas cooperativas estão satisfeitos com o negócio e por saberem que essa cooperativa vai continuar levando desenvolvimento e cuidando do agronegócio com a sensibilidade de quem conhece o nosso modelo agrícola.