Cooperativa Regional Itaipu - Cooperitaipu e Aurora realizam treinamento sobre Manejo de Verão – Avicultura

topo

(49) 3366 6500
Av. Brasília, 3300 - Pinhalzinho/SC

Notícias

Cooperitaipu e Aurora realizam treinamento sobre Manejo de Verão – Avicultura

No verão o cuidado com o aviário precisa ser redobrado.

Com o aumento da temperatura, os cuidados com os planteis na avicultura industrial exigem uma maior atenção no manejo das aves, pois o calor pode ser extremamente prejudicial para o bem-estar das aves. No verão é mais difícil conseguir manter a temperatura adequada para cada fase da criação, trazendo, como consequência, maus resultados e perda no rendimento dos lotes.

As aves não conseguem perder calor via suor como os humanos, pois não transpiram. Elas perdem calor resfriando seus órgãos internos através da respiração, bebendo água, em contato com a cama, com passagem de vento em sua superfície corporal e através da irradiação do calor do seu corpo. Para evitar prejuízos e manter a produtividade dentro da média, a Cooperitaipu e Aurora estão realizando um roteiro de treinamentos com os associados integrados de aves em toda área de abrangência da cooperativa.

Abordada a questão do Manejo Inicial, que trata das ações antes e no início do alojamento. Formas de incentivar as aves a se alimentarem nas primeiras horas, buscando um ótimo desenvolvimento inicial do lote.

A importância de fazer o pintinho a comer e beber água nos seus primeiros 4 a 5 dias de idade, significa que a cada 10g a mais a ser alcançados nos 7 dias, representa 100g na fase final do lote. No período de 24 horas de alojamento, o pintinho consome 25% do valor do seu peso em ração e 40 a 50% do consumo de água.

Já o consumo de água representa duas vezes mais que ração, cerca de 70% do peso vivo. É preciso fornecer água de boa qualidade e de fácil acesso para o pintinho. Fundamental realizar o Flushing (remoção água aquecida) três vezes ao dia.

Outra questão é o espaçamento, que deverá ser feito conforme as condições climáticas ou pelo desenvolvimento do lote (peso), com objetivo de manter a temperatura na zona de conforto. Abrir mais rapidamente do que no inverno, especialmente em dias muito quentes.

Recomendado fazer ventilação e renovação do ar sempre que necessário, mantendo painéis programados e ligados SEMPRE. A ventilação deve ser realizada conforme a necessidade do lote, não se esquecendo o aquecimento nas fazes iniciais;

É preciso ficar atento com possíveis faltas de energia e ter cuidado especial em molhar as aves no carregamento sempre que a temperatura exceder 15°C. Trabalhar com ventilação tipo túnel, iniciando nas horas mais frescas (cedo), com objetivo remover o calor de dentro do aviário, gerado pelos FRANGOS e pelas estruturas.

Assim, amigos avicultores integrados, atentos e treinados, podemos proporcionar conforto térmico as aves, otimizando o ganho de peso com a baixo custo energético. Trabalho de treinamento é organizado pela Cooperitaipu e realizado pelos técnicos de aves da Aurora Alimentos.

Nosso site utiliza cookies para lhe oferecer uma experiência melhor.

Política de Privacidade