topo

(49) 3366 6500
Av. Brasília, 3300 - Pinhalzinho/SC

Notícias

COOPERITAIPU REALIZA PALESTRA SOBRE OS DESAFIOS PARA PRODUTIVIDADE E ESTABILIDADE DE TRIGO

A Cooperativa Regional Itaipu realizou na manhã da última quarta-feira (02), palestra tendo como tema: Desafios Para Produtividade E Estabilidade De Trigo com Professor Osmar Rodrigues da Embrapa Trigo. O evento contou com a presença de associados, produtores de trigo, Presidente Arno Pandolfo, Gerentes e equipe técnica da Cooperativa.

Osmar Rodrigues comenta que a Embrapa Trigo trabalha integrada para desenvolver uma política com triticultura, sendo que esta política tem como foco a produtividade e a sustentabilidade com os fatores mais importantes para se alavancar a triticultura nacional, que muitas vezes está esquecida pelo produtor. “Não podemos nos afastar da produtividade porque ela é o fator número um para a rentabilidade. Então neste tempo em que os ganhos são muito pequenos e existem muitas dificuldades do mercado, o produtor tem na triticultura a maneira de permanecer na propriedade”, explica o professor.

Osmar ainda salienta que o trigo faz a ponte com a soja e o milho, como cultura de inverno, fundamental para se ter sustentabilidade na produção, para economia do estado e município, “o trigo é a luz no fim do túnel para a produção no inverno, é preciso aumentar a produtividade, com ciência e tecnologia, até mesmo para dobrar a produção. Com pequenas ações que são perfeitamente viáveis”, reforça Rodrigues.

O Presidente Arno comenta que para a cooperativa este tema é muito importante para valorizar a produção do trigo “atualmente estamos garantindo um preço mínimo por saca de R$ 40,00, pois temos o Moinho onde precisamos de muito trigo, atualmente o trigo produzido na região não é suficiente para produção do Moinho Itaipu. O trigo é uma cultura muito desafiadora, porém com palestras como esta, além dos pacotes que oferecemos aos produtores e com incentivos no preço pago”, explica o Presidente.

Arno ainda enfatiza que o trigo é uma cultura de inverno que serve como cobertura para o solo, e o rendimento pode ser grande “já tivemos casos em que se colheu 80 sacas por hectare em nossa região”, finaliza Pandolfo.